Cadastre-se aqui para receber ensinamentos espirituais, a programação das atividades da nossa comunidade e dicas para impulsionar a sua caminhada espiritual.
Doação PagSeguro
Logomarca Instituto Aura Mater
Início O Instituto O Ensinamento Calendário de eventos Notícias Loja Virtual Contato

Ensinamentos da Grande Fraternidade Branca

Rituais e Orações Para Um Novo Tempo

Pessoas Unidas Para Uma Missão









 

 
Como escrever uma carta ao

Conselho do Carma


 


Vamos explicar a você, abaixo, como escrever a carta semestral ao Conselho do Carma, o significado e a importância disso e o passo a passo pra desenvolver sua carta. Talvez você esteja vendo esse texto apenas agora e não tenha se programado para fazer tudo como é o ideal. Então, siga esta dica:
 
  • se você vai se preparar para escrever a carta da melhor forma possível, siga todas as orientações abaixo;
  • mas se você não pode, por alguma razão, dedicar-se tanto quanto estamos mostrando aqui em baixo, mas sentiu que esse assunto é pra você e que, de alguma forma não quer perder essa oportunidade, então, faça uma leitura deste texto e em seguida escreva uma carta simples, pequena, sincera e com fé e envie a carta, também da forma mais simples, conforme estamos explicando o final deste texto. O importante é que tenha no seu coração a intensão mais correta possível e... envie a sua carta!
 
O que é o Conselho do Carma?
 
O Conselho do Carma é um conselho da Grande Fraternidade Branca que tem como missão administrar e deliberar sobre as questões ligadas ao carma da humanidade. Trabalha para promover a justiça, a misericórdia e a oportunidade para todos os seres em evolução. Orienta as almas que estão para encarnar e as que terminam a vida na Terra em relação ao seu próximo ciclo de aprendizado.
 
Duas vezes por ano, no solstício de verão e de invero, que acontecem nos dias 21 de junho e 31 de dezembro, aqui no hemisfério sul, o Conselho do Carma se reúne no Retiro Etéreo do Royal Teton para conhecer o conteúdo das cartas que seus discípulos lhes escrevem. Os estudantes dos ensinamentos da Grande Fraternidade Branca, nessas datas, escrevem cartas manifestando suas intenções e seus planejamentos e fazem solicitações de patrocínio espiritual para seus planos de vida. O Conselho do Carma avalia, à luz da Vontade de Deus, todos os itens das cartas e delibera a respeito.
 
Quais são os integrantes do Conselho do Carma?
 

1º Raio  -  Grande Diretor Divino

2º Raio  -  A Deusa da Liberdade

3º Raio  -  Mestra Nada

4º Raio  -  Elohim Cyclopea

5º Raio  -  Pallas Atena

6º Raio  -  Pórcia

7º Raio  -  Kuan Yin

8º Raio  -  Vairochana

 
Qual o significado da oportunidade deste dia? 
 
A cada ano da sua história, a humanidade adquire méritos, por meio das boas obras que realiza e com isso, faz jus a uma certa quantidade de energias decorrentes do seu bom carma. Esses méritos são avaliados pelo Conselho do Carma e as conclusões dessa avaliação resultam em liberação de uma quantidade de bênçãos que são distribuídas aos homens como impulso e força para que possam realizar boas obras. Essa liberação pode ser entendida como a disponibilização de verbas cósmicas para que se tenha, na Terra, a luz necessária para a concretização de projetos úteis ao progresso da humanidade. Essas quantidades de energias muitas vezes são também liberadas aos homens como manifestação da misericórdia divina, independentemente dos méritos.
 
Os discípulos da Grande Fraternidade Branca, sabendo disso, escrevem cartas solicitando a concessão de uma parte deste conjunto de energias para a realização de seus projetos. Com isso, candidatam-se a receber uma porcentagem da luz que é oferecida nessas duas ocasiões.
 
O Conselho do Carma avalia os itens das cartas segundo o contexto cármico do discípulo e da humanidade, levando em conta o plano divino pessoal e da humanidade, considerando a Lei Cósmica, o desenvolvimento dos ciclos, o momento planetário, e muitos outros aspectos espirituais e então, os projetos, sendo considerados corretos, oportunos, adequados ao momento e à situação espiritual da humanidade e estando de acordo com a vontade de Deus, são escolhidos para receberem uma quantidade especial de luz para a sua realização.
 
O que a Grande Fraternidade Branca diz sobre a entrega das cartas?
 
Lançar no fogo sagrado tudo o que nunca deveria ter existido
 
“Portanto, amado, considere que você pode jogar tudo o que se passou, tudo o que se passou antes em seu coração, em sua mente, alma e corpo, até este momento presente, tudo aquilo que não é do mais alto bem - tudo o que deva ser lançado na Chama Violeta, a chama do perdão.
 
Você pode invocar a lei do perdão. Você pode escrever suas cartas ao Conselho do Carma. Você pode implorar a intercessão e o fortalecimento do seu coração e de sua mente para ser Um em Deus e Suas leis.
 
Coração abençoado, encorajamos você a escrever sua carta ao Conselho do Carma hoje, incorporando estes sentimentos e também redefinindo o seu curso corretamente, lançando para o fogo sagrado tudo o que nunca deveria ter sido, pedindo a armadura e a presença e o apoio dos Sete Arcanjos, para estarem com você diariamente, enquanto você vive sua vida para cumprir essa promessa.” Pérola de Sabedoria Vol. 33 No. 27 - 1990. Ditado dos Arcanjos Uriel e Aurora.
 
Queimar a carta 
 
A GFB nos orienta para entregar nossas cartas ao fogo físico, para que sejam transformadas em luz e levadas ao Conselho do Carma. O fogo físico representa a TRANSFORMAÇÃO das nossas PALAVRAS em LUZ. É um momento muito elevado! Nossa comunidade faz a queima cerimonial das cartas que foram ofertadas no altar e acompanha com muita elevação o momento em que as salamandras do fogo e os anjos estão transformando nossas palavras em luz e transportando essa luz para o Conselho do Carma.
 
"Vocês podem escrever cartas ao Conselho do Carma, que podem ser queimadas após o solstício de inverno ou de verão, e vocês podem enviar suas perguntas, suas dúvidas, suas considerações sobre o seu plano de vida para nós.
 
E essas cartas serão queimadas, e vamos levá-las em consideração e enviar para você - através da sua própria Chama do Coração, sua própria Chama do Cristo - a impressão direta da nossa vontade e nossa recomendação e nossa visão para você.
 
Então, é claro, a decisão é sua de aceitar ou não aceitar e, em seguida, fazer o que você deve fazer. Pois ninguém desta Fraternidade, nem na Terra e nem no Céu, jamais interferiu (com a sua decisão divina e pessoal).
 
Portanto, nós te abençoamos no exercício do seu livre-arbítrio, e recomendamos (buscamos ajudá-lo) enquanto você se esforça em sua aceleração (de consciência)." Pérola de Sabedoria Vol. 25 No. 39 – 1982. Ditado da Deusa da Liberdade 
 
Sobre os testes 
 
Neste texto específico, Mestre Vitória nos fala sobre os testes que recebemos antes de obtermos o que pedimos nas nossas cartas. O Conselho do Carma vai nos atender de acordo com nossos méritos e a misericórdia divina! E então, no caso de enviarmos um pedido e percebermos que não fomos atendidos, ainda temos a chance de reajustarmos algumas coisas no nosso interior, nos prepararmos adequadamente, e então pedirmos para recebermos o teste uma outra vez, para, assim, estarmos em condições de receber o que pedimos e realizamos nossas aspirações! Vamos ficar atentos!
 
O Mestre Vitória explica que: ..."a cada ciclo de meio ano, os Senhores do Carma se reúnem. Toda a humanidade é testada, mas principalmente aqueles que escrevem cartas ao Conselho do Carma. Esses, por isso, precisam receber um teste, de acordo com seu conhecimento, percepção, treinamento e, em especial, seu conhecimento das coisas pessoais que precisam ser lançadas no fogo sagrado. Estes testes ocorrem especificamente nas áreas em que conservais, há muito tempo, algum elemento particular da vossa criação humana - elemento que fostes advertidos repetidamente para lançar no fogo sagrado de uma vez por todas. Quando não passais nos vossos testes, as dispensações que pedistes para o ciclo da metade do ano não são concedidas. Exigimos uma prova e existem exames finais na Terra assim como no céu." Pérola de Sabedoria 26 junho 1986, Summit Lighthouse.
 
Exercício para a vitória 
 
Em 28 de junho de 1992, Vitória e Justina (Chama Gêmea de Vitória) nos deram um exercício prático para precipitarmos nossas vitórias. Eles disseram:
 
“Considerai todas as áreas das vossas vidas nas quais desejais ser vitoriosos. Tomem nota de cada ponto em que desejam adquirir mestria. Recordem-se diariamente do compromisso com a sua vitória, em pequenos ou grandes assuntos. Registrem suas vitórias e derrotas no mapa da sua vida. Podeis colocar fitas douradas nos locais onde estais determinados alcançar vossa vitória – vitória sobre todas as condições do vosso ser, vitória na disseminação dos Ensinamentos, vitória nas nações, vitória nos governos, vitória na educação, vitória em todas as áreas da vida!”. Texto mencionado na Pérola de Sabedoria vol 47, nº 18, do amado El Mrya. Edição de Summit Lighthouse. 
 
Qual o passo a passo para você escrever a carta? 
 
Veja aqui como é o ideal! Mas caso não possa seguir todos esses passos, faça da forma mais simples e sincera! E quem sabe, na próxima data em que o Conselho do Carma se reúne, você possa se preparar e enviar uma carta com seu planejamento para o próximo semestre!
 
Programe-se! 
 
Programe-se para escrever a carta! Reserve algumas horas durante a semana para ficar a sós e em um ambiente tranquilo. Sugerimos um mínimo de 10 horas, que podem ser divididas em vários dias ou em fases. Por ex: você pode fazer isso uma hora por dia durante 10 dias. Ou 2 horas por dia durante 5 dias. Ou então, num final de semana. Naturalmente, se você não dispõe desse tempo todo, poderá fazer sua carta em uma ou duas horas, mas quando sugerimos 10 horas, é porque acreditamos que essa carta precisa ser bem feita, com bastante consciência e muita consistência e após uma boa reflexão sobre sua vida. 
 
Primeira parte: Avalie sua vida nos últimos seis meses 
 
Para escrever uma boa carta, primeiro faça uma oração sincera e então ofereça ao Grande Diretor Divino o Seu mantra, 14 vezes, conforme está explicado aqui. Isso leva de 5 a 15 minutos, dependendo da velocidade com que você fizer o decreto.
 
Em seguida, faça uma reflexão sobre o seu último período de seis meses de vida. Coloque no papel os principais acontecimentos, as vitórias, as dificuldades, o que não deu certo, o que foi mais marcante na sua vida. Leve em conta essas áreas:

Relacionamentos
Trabalho
Finanças, aspectos legais e patrimônio
Saúde
Espaços físicos e virtuais
Estudos, leituras, conhecimentos
Espiritualidade: como você está cuidando desse aspecto na sua vida
Outros aspectos que julgar necessário avaliar e planejar 

 

Segunda parte: planeje sua vida para os próximos seis meses 
 
Agora, faça um plano para os próximos seis meses, nas áreas relacionadas acima. Você deve levar em conta como você quer a sua vida a longo, médio e a curto prazo e deve ter bastante objetividade para traçar esse plano. Defina exatamente o que você quer. 
 
Terceira parte: escreva a carta 
 
Baseando-se nesses passos simples de reflexão, agora você deve escrever sua carta. O que deve constar nela? 
 
Comece com os agradecimentos
Liste todas as bênçãos do semestre. A gratidão, de fato, abre caminhos para as realizações. Mais do que isso, a gratidão é um ato de reconhecimento, humildade, alegria e amor, um sentimento muito elevado!
 
Passe agora para os pedidos de dispensações 
Liste suas necessidades pessoais, de familiares e de amigos. Fale dos seus planos a curto, médio e longo prazo.
 
Agora faça o mesmo exercício de escrever seus agradecimentos pelo que sua comunidade espiritual alcançou no último semestre e em seguida, faça sua lista de pedidos para que a missão da sua comunidade seja realizada. Se você não tem uma comunidade espiritual, pode pular essa parte ou então, mencione o Instituto Aura Mater, agradecendo conosco e pedindo que nossos planos sejam realizados! Pra isso, você pode dizer que sente-se irmanado conosco e que, portanto, gostaria de assinar espiritualmente a carta que a diretoria do Aura Mater envia periodicamente ao Conselho do Carma. Ficamos gratos por você se unir a nós! Sua assinatura será colhida pelos anjos e acrescentada à nossa carta.
 
Nessa parte da carta, você deve mencionar sua cidade, seu estado, seu país e a Terra. Como sempre, comece com os agradecimentos e então, faça a lista dos pedidos.
 
Resumindo:
 
Questões pessoais
  •  agradecimentos pelas dispensações recebidas no semestre que está terminando;
  •  necessidades pessoais, de familiares e de amigos, com pedidos;
  •  planos para sua vida, especificamente relacionados aos próximos seis meses, mas também planos mais amplos;
  •  pedido de dispensações especiais que envolvam o seu serviço humanitário e a sua missão. 
     

Questões relacionadas ao planeta e à comunidade espiritual da qual você participa

  •  agradecimentos pelas dispensações concedidas à humanidade no semestre que está terminando e também pelas dispensações concedidas à comunidade espiritual da qual você participa;
  •  necessidades da sua cidade, do seu estado e do seu país, com pedidos para solucioná-las;
  •  itens do planejamento desenvolvido pelas instituições humanitárias e espirituais das quais você participa, com pedidos de dispensações para realizá-los.
 
Tendo escrito a carta, você deve revisá-la cuidadosamente. Nos próximos dias, garanta que nada ficou para trás. Acrescente, tire, modifique o que quiser. 
 
Por último, passe a carta a limpo, manualmente, se for o caso, ou finalize o arquivo se você a escreveu digitalmente. Imprima duas cópias ou copie a carta manualmente. Uma das cópias você deve guardar como registro. A outra você deve colocar em um envelope, direcionado ao Conselho do Carma.
 
As pessoas que fazem seus planejamentos de vida por meio de mandalas (conforme ensinamos no Curso Planejamento de Vida), podem enviar suas mandalas acompanhadas de uma carta de encaminhamento. 
 
O ideal é que, nos dias em que você escreve a carta, dedique diariamente ao Grande Diretor Divino o Seu mantra, conforme explicado aqui.
 
Outro decreto muito importante para ser feito paralelamente à confecção da carta é “Eu Sou a Vontade de Deus”, que você pode encontrar aqui.
 

Como você vai enviar sua carta ao Conselho do Carma?
 

  • Após escrever a carta, dedique um tempo no qual deve ficar a sós ou na presença de pessoas que conhecem os   procedimentos e que também estão enviando as cartas.
  • Acenda uma vela, dedicando-a ao Conselho do Carma.
  • Faça orações preparatórias, como o Tubo de Luz, Chama Violeta e outros decretos.
  • Faça uma invocação aos membros do Conselho do Carma e à Grande Fraternidade Branca, falando dos objetivos do seu pequeno ritual. 
  • Peça aos anjos e às salamandras da Chama Violeta que transformem as palavras da carta em luz e as leve ao Conselho do Carma.
  • Queime a carta na chama da vela. Faça agradecimentos e outras orações que desejar.
  • Faça o selo. Apague a vela. 

 

Caso seu tempo esteja muito pequeno ou você não consiga fazer como sugerido, faça um pequeno momento de recolhimento, uma prece sincera e com fé e em seguida, queime a carta lembrando que suas palavras estão sendo transformadas em luz e enviadas ao Conselho do Carma pelos anjos. E abra-se para receber as respostas às suas preces!

 

 

Veja também:

O Grande Diretor Divino

Como fazer a vigília dedicada ao Grande Diretor Divino
 


Copyright © 2016 do autor. Todos os direitos desta edição são reservados ao Instituto Aura Mater. Esse material está protegido pela lei de direitos autorais, o que nos reserva o direito de não permitir a sua reprodução para fins de comercialização de qualquer espécie – www.auramater.com.br 

O Instituto Aura Mater
  Missão
  Fonte de Estudos
  História
  Atividades

Comunidade Aura Mater
   Palestras
   Mensagens da equipe
   Espaço da criança
   Espaço Aura Jovem
O Ensinamento
  O que é o Ensinamento
  A Grande Fraternidade Branca
  O Ensinamento presente nas religiões
  Ensinamentos secretos
  Emissários enviados ao longo da história da humanidade
  Mestres cujas mensagens originaram as religiões
  Mestres responsáveis espiritualmente pelas eras
  Profetas e mensageiros
  Principais Ensinamentos
Sessões
   Bem-vindo aos ensinamentos!
   Calendário
   Notícias do Instituto Aura Mater
   Mensagem da Diretora Espiritual
   Orações
   Ensinamentos
   Áudio, vídeo e imagens
   Corpo Místico
   Loja virtual
Redes sociais
Instituto Aura Mater no Youtube Instituto Aura Mater no Facebook
Instituto Aura Mater | 2018 - Todos os direitos reservados - (31) 3264-6206 - (31) 8647 1745