Cadastre-se aqui para receber ensinamentos espirituais, a programação das atividades da nossa comunidade e dicas para impulsionar a sua caminhada espiritual.
Doação PagSeguro
Logomarca Instituto Aura Mater
Início O Instituto O Ensinamento Calendário de eventos Notícias Loja Virtual Contato

Ensinamentos da Grande Fraternidade Branca

Rituais e Orações Para Um Novo Tempo

Pessoas Unidas Para Uma Missão










 

Dicas sobre como fazer um


Planejamento de Vida

 

 

Seus desejos e sonhos podem ser transformados em metas. Você pode planejar-se para realizar o que é importante para você.

Comece reservando um tempo na sua agenda. E então, com seu notebook, seu tablete ou com papel e caneta, comece a esboçar seu plano. Lembre-se de fazer uma pequena prece pedindo orientação divina. E, se você já conhece Grande Diretor Divino, é hora de invoca-lo. Ele é seu principal aliado celestial para construir um bom plano de vida. 

 

No início de ano, todos fazem planos e listas de desejos.  Você pode apenas ter em mente aquilo que quer fazer diferente na sua vida neste ano. Pode também fazer um planejamento maior, que envolve muitos itens e que exigirá mais determinação de você. E poderá ainda fazer mais: rever toda a sua vida, buscando tomar consciência do que poderia ter feito e não fez e então fazer um plano para o futuro. Isso é o que as empresas fazem, mas as mesmas pessoas que providenciam um planejamento para suas áreas nas empresas, muitas vezes não conseguem parar pra fazer um planejamento para suas próprias vidas. 

 

Há muito tempo, nossa comunidade aprendeu a fazer esse planejamento, justamente pra que todos comecem o ano com seus planos bem delineados. Isso tornou-se um hábito para nós. Não imaginamos iniciar um novo ano sem um bom plano nas mãos. A inspiração para essa atividade veio das meditações com o Grande Diretor Divino. Aprendemos o valor de uma boa reflexão sobre nossa vida para que o plano divino seja realizado. 

 

Consideramos que, quando nosso mundo pessoal está todo atrapalhado, cheio de entulhos e confusões, a vida espiritual acaba ficando prejudicada e nosso caminhar pela senda espiritual fica prejudicado por questões práticas que tomam todo o nosso tempo.  Então, procuramos arrumar a vida e a organizá-la, e em seguida procurar formas para que a espiritualidade se expresse em todas as suas áreas. Um bom planejamento é um sopro divino pra nos impulsionar na realização das metas a que nos propusemos. 

 

Aqui estão algumas dicas.


 

As oito áreas da nossa vida


 

Há muitas áreas de nossa vida que podem ser selecionadas para o planejamento: trabalho, relacionamento, saúde, espiritualidade, finanças e aspectos legais, espaços, estudos e outras áreas que você definir. Se você quer um plano mais amplo, o ideal é se debruçar sobre cada uma das áreas, uma por uma. Se quer um plano mais simples, então procure definir suas metas dentro das áreas que forem essenciais pra você no momento. A seguir, pequenas dicas sobre cada área.

 

Saúde. Não apenas como andam suas idas ao médico ou como está sua alimentação ou se você precisa fazer um regime... mas tudo relacionado à manutenção da integridade dos seus quatro corpos inferiores. 

 

Relacionamentos.Todos... família, amigos, colegas de trabalho, e até mesmo o relacionamento com Deus, com os seres da natureza e com os Mestres Ascensos. 

 

Estudos. Neste item, inclua leituras, acesso à informação e todas as formas de aumentar seu conhecimento, tanto acadêmico e profissional quanto espiritual. 

 

Espaços... físicos e virtuais, onde sua vida acontece. Estão organizados? Há algo que você queira mudar pra viver em espaços mais adequados ao que você quer pra sua vida?

 

Trabalho. E não apenas o trabalho profissional... 

 

Finanças e aspectos legais. Do controle financeiro ao seu patrimônio, passando pela reflexão sobre o conceito de abundância e prosperidade, segundo os ensinamentos da Grande Fraternidade Branca. 

 

Espiritualidade. Ela permeia tudo... e deve estar presente em todas as outras áreas. É ela que dá a dimensão transcendente pra todos os aspectos materiais e práticos da nossa vida. Mas tente pensar na espiritualidade em termos de planejamento... 

 

Outras áreas de sua vida que você quer contemplar no seu planejamento. Mas não aumente muito a lista. Se for o caso, substitua uma ou outra área por outra que seja importante pra você. O ideal é um máximo de 8 áreas.

 

Reflexões importantes

 

No curso que ministramos, abordamos também esses tópicos, que podem ser itens para sua reflexão pessoal:
 

  • Observe sua vida, como ela se expressa no momento. 
  • Contemple o ideal a ser manifestado em cada área.
  • Identifique pendências, dificuldades, obstáculos, bloqueios. Encontre soluções. 
  • Há facilidades cósmicas, questões cármicas e ciclos da vida a considerar.
  • Desfazedores de planos: você pode livrar-se deles.
  • Como você usa seu tempo? Como poderá organizá-lo para viver melhor?
  • Defina suas prioridades.
  • Instrumentos para criar mudanças, manter o que já existe e ampliar a linha do seu horizonte.
  • O caminho entre o desejo, o plano e a realização.
  • Valores a serem considerados e desenvolvidos para que o plano de vida se realize.
  • E o plano divino? E as leis cósmicas que regem sua vida? 
  • Qual o objetivo imediato e final, do seu plano de vida? 


     

As três etapas do Planejamento de Vida


 

Geralmente, fazemos o planejamento em três etapas. 

 

Primeira etapa. Fazemos reflexões sobre o momento atual da nossa vida, nas várias áreas que definimos para o planejamento. As perguntas que nos orientam são: onde estou, de onde vou partir para fazer meu planejamento? 

 

Segunda etapa. Agora estabelecemos as metas. Para onde quero ir? Onde quero chegar? E essa pergunta precisa ser feita pra cada área da nossa vida. Transformamos nossos desejos e sonhos em metas bem claras. 

 

Terceira etapa. Nessa fase, estabelecemos as estratégias para alcançar as metas. Como fazer para realizar os planos e alcançar as metas? 

 

Deixo aqui pra você uma reflexão sobre as três perguntas principais que orientam o planejamento de vida que fazemos. 


 

Onde estou? Onde quero chegar?

Como fazer para chegar lá?


 

Quando decidimos planejar nossa vida, precisamos fazer três perguntas inicias. Onde eu estou? Onde quero chegar? Como fazer para chegar lá?
 

Quando perguntamos “Onde eu estou?”, estamos buscando referencias sobre o lugar de onde vamos partir para começar nosso planejamento. Estamos buscando entender o nosso ponto de partida. De onde começar para fazer um plano de vida? Será necessário levantar dados, buscar informações para definir o nosso momento atual. Precisaremos reconhecer o lugar onde estamos no momento, as circunstâncias que nos cercam, o contexto onde estamos inseridos. Será necessário observar tudo o que encontrarmos, analisar as informações corretamente, para então ver o que fazer com tudo o que encontramos. 

 

A segunda pergunta: “Onde quero chegar?”, leva-nos a identificar como gostaríamos que as coisas fossem, se tudo pudesse ser exatamente como desejamos. Isso nos levará a identificar o padrão ideal para nossas vidas, os nossos sonhos mais íntimos e nossos anseios mais fortes. Mesmo que alguns desses anseios e sonhos nos pareçam impossíveis de serem realizados, identifica-los é essencial para nosso plano de vida. Com maturidade, fé e o esforço certo, eles podem ser transformados em metas. Tendo estabelecido as metas, o próximo passo é buscar formas de alcança-las. 

 

A terceira pergunta é: “Como fazer para chegar lá?”. O que podemos fazer para alcançar nossas metas, realizar nossos sonhos? Qual o primeiro passo que devemos dar? Poderão aparecer obstáculos no caminho em direção às metas. Como nos prevenir deles, como olhar para esses obstáculos quando eles aparecerem, como ultrapassá-los? Devemos também analisar as fragilidades do plano e também as dificuldades pessoais que poderão nos impedir de chegar aos nossos objetivos. Tendo consciência de que algumas dificuldades podem aparecer, agora o próximo passo é encontrar soluções para elas. Um planejamento de vida bem traçado é um instrumento importante para que nossa vida cumpra sua razão de ser. Para fazer esse planejamento, é interessante reservar um tempo largo para isso, dedicar momentos para reflexão e trabalhar para que o que é mais importante para nós seja contemplado no plano. 

 


Veja também 

Como fazer a vigília de 33 dias dedicada ao Grande Diretor Divino

O Grande Diretor Divino 

Como escrever uma carta ao Conselho do Carma 

Qual a melhor fase da vida para cuidar da nossa espiritualidade?
 


Copyright © 2016 do autor. Todos os direitos desta edição são reservados ao Instituto Aura Mater. Esse material está protegido pela lei de direitos autorais, o que nos reserva o direito de não permitir a sua reprodução para fins de comercialização de qualquer espécie – www.auramater.com.br 

O Instituto Aura Mater
  Missão
  Fonte de Estudos
  História
  Atividades

Comunidade Aura Mater
   Palestras
   Mensagens da equipe
   Espaço da criança
   Espaço Aura Jovem
O Ensinamento
  O que é o Ensinamento
  A Grande Fraternidade Branca
  O Ensinamento presente nas religiões
  Ensinamentos secretos
  Emissários enviados ao longo da história da humanidade
  Mestres cujas mensagens originaram as religiões
  Mestres responsáveis espiritualmente pelas eras
  Profetas e mensageiros
  Principais Ensinamentos
Sessões
   Bem-vindo aos ensinamentos!
   Calendário
   Notícias do Instituto Aura Mater
   Mensagem da Diretora Espiritual
   Orações
   Ensinamentos
   Áudio, vídeo e imagens
   Corpo Místico
   Loja virtual
Redes sociais
Instituto Aura Mater no Youtube Instituto Aura Mater no Facebook
Instituto Aura Mater | 2018 - Todos os direitos reservados - (31) 3264-6206 - (31) 8647 1745