Cadastre-se aqui para receber ensinamentos espirituais, a programação das atividades da nossa comunidade e dicas para impulsionar a sua caminhada espiritual.
Doação PagSeguro
Logomarca Instituto Aura Mater
Início O Instituto O Ensinamento Calendário de eventos Notícias Loja Virtual Contato

Ensinamentos da Grande Fraternidade Branca

Rituais e Orações Para Um Novo Tempo

Pessoas Unidas Para Uma Missão











 

O Poder da harmonia interior
 

 

Esta palestra antecedeu o Ritual do Eu Sou, realizado pelo Instituto Aura Mater

Palestra inspirada nas Pérolas de Sabedoria volume 44, números 48 e 49, ditadas pelos Elohim Paz e Aloha à Mensageira Elizabeth Clare Prophet, editadas pela Summit Lighthouse do Brasil.

Palestrante: Clarissa Cruz. 

Data: 13 de dezembro de 2012

 

 

Boa noite!

Hoje eu vou falar para vocês a respeito de como podemos começar a manifestar o poder da nossa Presença EU SOU em nossas vidas. O Elohim Paz afirma que a primeira atitude que devemos ter para podermos manifestar o poder da Presença EU SOU é mantermos a harmonia dentro do nosso coração a todo instante e, portanto, em todas as situações da nossa vida. Pois a harmonia, assim como o amor, nos tornam capazes de criar por serem energias unificadoras. Os Mestres dizem que o amor cria e a harmonia mantém. Quando estamos em paz, nós nos tornamos um poderoso magneto, capaz de reunir a força divina, a substância universal que, vinda do coração de Deus, só pode ser usada para o bem.

Portanto, quando estamos desarmônicos, passamos a agir destrutivamente, utilizamos o poder divino que nos é dado diariamente não para criar, mas para destruir. Assim, agimos da forma mais antagônica que podemos imaginar em relação à Vontade de Deus. E quanto mais estudamos os Ensinamentos e quanto mais decretos fazemos, ou seja, quanto mais poder acumulamos, maior a nossa responsabilidade em manter e irradiar a paz. O chacra no qual devemos focalizar para trabalharmos a paz e a serenidade é o plexo solar, que é o lugar do Sol em nós. Os Elohim Paz e Aloha, que são do Sexto Raio, nos ensinam a colocar e manter um disco de luz sobre este chacra; esse disco nos protege das emanações destrutivas do mundo e protege o mundo das nossas próprias emanações. Eles explicam que o plexo solar é como uma estação emissora e receptora de energia, é o canal pelo qual fazemos contato com o mundo dos sentimentos, tanto os nossos como os de toda a humanidade.

Mas o que, na prática, significa mantermos a harmonia em nosso plexo solar? Significa que não nos deixaremos envolver por situações mesquinhas e pequenas do dia a dia. Significa que não nos sentiremos ofendidos por qualquer tipo de situação, significa que não ficaremos melindrados quando um momento de um possível desconforto, seja ele mental, emocional ou físico, nos acontecer. O Elohim Paz nos pede para trazermos a cada dia uma porção de paz ao mundo dos outros. Assim estaremos contribuindo para a manutenção da paz em todo o planeta, até mesmo no que diz respeito às grandes guerras e conflitos. Muitos dos ensinamentos transmitidos por Jesus foram dados a Ele por este Elohim, que foi mestre de Jesus há muito tempo atrás.

Paz nos lembra que Jesus usou mantras para manter o equilíbrio para as evoluções da Terra e nós podemos fazer o mesmo. Podemos criar os nossos próprios mantras a partir dos Ensinamentos da Grande Fraternidade Branca ou podemos utilizar os já existentes, como por exemplo: “Paz! Aquietai-vos! Sabei, EU SOU o Vosso Deus”, que pode ser utilizado tanto para uma situação externa, quando percebemos a discórdia entre as pessoas ou uma confusão em algum ambiente, quanto para uma situação interna, ou seja, para colocar algum morador do umbral no seu devido lugar. Outro mantra ensinado e muito utilizado por Jesus é: “Que a paz seja convosco”. Podemos fazer esse mantra em qualquer situação, até mesmo em voz baixa ou pensamento, mas se for possível usar a palavra falada, será bem melhor.

Precisamos ser os Mestres do nosso mundo. Paz e Aloha dizem que o simples fato de conseguirmos nos manter em harmonia, faz com que as energias que criam as grandes guerras sejam enfraquecidas. E uma dica deles para quando percebermos um sentimento de conflito dentro de nós mesmos é desfazer esse sentimento com a Chama Violeta e com chamados a Astrea. Para não corrermos o risco de nos tornarmos escravos de uma energia conflituosa, precisamos renunciar ao desejo de sermos escravos dos moradores do umbral e das energias negativas. Em 1978, Paz e Aloha disseram o seguinte: “Cada um de vós que perdeu essa paz por um momento, por uma hora ou um dia, contribuiu de forma maior ou menor para a guerra, para o crime, para assassinatos, mutilações e cataclismos.” Assim, precisamos ser guardiães das nossas energias a todo momento.

Elizabeth C. Prophet nos diz que o fato de não nos ofendermos é uma grande libertação e que assim podemos aumentar a nossa união com o Elohim Paz. Porque quando não nos ofendemos, não precisamos nos defender. Isso significa, então, que não fomos atacados, que não houve um possível conflito e que nos mantivemos equilibrados e, por isso, enviamos essa energia de equilíbrio e harmonia para todos ao nosso redor e para o planeta. Paz e Aloha disseram: “Criastes o vosso próprio jardim zoológico e fizestes de vós mesmos o guarda do jardim em vez do guarda da chama da paz. Portanto, guardai os animais da vossa criação humana (...) que criastes com a vossa ganância e com as vossas trevas, com a vossa preocupação com vós mesmos e com a vossa vingança.”

Bom, isso tudo é muito profundo e nos leva a meditar em muitos aspectos, por ser muito mais sério do que parece em um primeiro momento. Para nos ajudar, a mensageira Elizabeth nos dá 10 sugestões para mantermos a paz:

  1. LEVEM TUDO DA MELHOR FORMA. Não podemos garantir pessoas perfeitas ao nosso redor. Então, a melhor forma de lidarmos com alguém que não demonstra seu talento, energia e vontade para realizar alguma coisa, é não nos lamentarmos e providenciarmos o que falta, sem julgar, sem criticar essa pessoa. Nós, que estamos atentos, devemos providenciar aquilo que pode fazer a diferença em uma dada situação.
  2. ANOTEM NAS SUAS AGENDAS AS SITUAÇOES QUE ESTAO POR RESOLVER. Ou seja, devemos colocar em nossa agenda como se fosse mesmo um compromisso que temos que cumprir, porque é um compromisso que devemos cumprir. Podemos até colocar data e hora e cobrar de nós mesmos que aquilo seja cumprido, assim como fazer compras no supermercado, pagar contas, pegar o filho na escola, comprar presente de Natal, enfim...
  3. PERDOEM E PEÇAM PARA SER PERDOADOS.  Mesmo sabendo que não temos culpa em uma determinada situação, devemos pedir perdão. O fato de fazermos isso abre um caminho, facilitando assim que o outro, que precisa do perdão, consiga pedir perdão e perdoar.
  4. LEMBREM-SE DO VOTO QUE FIZERAM. “Lembrai-vos da vossa determinação e mesmo do vosso voto, caso o tenhais feito, de que não sereis demovidos do centro divino do amor e da paz, aconteça o que acontecer, mesmo que se trate de um assunto insignificante.”
  5. BUSQUEM RESOLUÇAO DIARIAMENTE FAZENDO CHAMA VIOLETA. Sempre que algum morador do umbral se manifestar, devemos lançá-lo na Chama Violeta. Temos que purificar o nosso ser, o nosso coração, pois estamos no caminho do aperfeiçoamento.
  6. SEJAM HUMILDES. Devemos ser humildes perante o nosso Deus. Pois não somos nós que realizamos as boas ações, mas sim o EU SOU dentro de nós. Então, não há motivo para sermos orgulhosos. Devemos ter um sentimento de santidade na presença do Cristo Pessoal uns dos outros.
  7. PONHAM DE LADO A DUREZA. Não devemos realizar atitudes contundentes, de movimentos abruptos. Devemos fazer as coisas com leveza e suavidade. Força de vontade e ímpeto não são sinônimos de grosseria, muito pelo contrário.
  8. NAO TENHAM CONVERSAS VÃS NEM ENTREM EM CRÍTICAS. Aqui, Paz e Aloha propõem um voto de silêncio diário, rejeitando as conversas vãs e sem sentido. E jamais devemos entrar em críticas nem em discussões.
  9. FAÇAM DO SEU CORPO UM CÁLICE DE LUZ, CADA CÉLULA, CADA ORGÃO, OS CORPOS ETÉREO, MENTAL, DE DESEJOS E FÍSICO. Cada molécula do nosso corpo deve ser um cálice de luz; devemos buscar a harmonia divina de todos os átomos e células e de todos os órgãos do nosso ser. Devemos nos tornar  alquimistas do nosso templo.
  10. MANTENHAM A PAZ UNS COM OS OUTROS. Aceitando a suave repreensão que pode vir de Deus, dos Mestres ou através de um amigo da Senda.

Sabemos que tudo isso não é uma tarefa fácil, mas temos que tentar, na verdade, temos que conseguir; os Seres de Luz contam conosco para a realização dessa atividade.

O Elohim Paz nos lembra de fazermos os seguintes decretos e mantras:

  •   "Derramai o Radiante Óleo Dourado da Paz";
  •   “Grande Disco Solar” (completo e abreviado);
  •   “Eu Expulso o Morador do Umbral”;
  •   “Paz! Aquietai-vos! Sabei EU SOU o Vosso Deus”;
  •   “Que a Paz Seja Convosco”.

Assim, o meu maior desejo é que consigamos manifestar essa Paz, é que consigamos ser a harmonia e a serenidade para podermos manifestar todo o nosso potencial divino e sermos realmente instrumentos da Vontade Divina.

Agradeço à mensageira e aos Elohim Paz e Aloha por essa mensagem tão essencial para as nossas vidas! Desejo a todos um excelente Ritual.

Obrigada.

 

Por Clarissa Cruz
Equipe do Instituto Aura Mater


 

O Instituto Aura Mater
  Missão
  Fonte de Estudos
  História
  Atividades

Comunidade Aura Mater
   Palestras
   Mensagens da equipe
   Espaço da criança
   Espaço Aura Jovem
O Ensinamento
  O que é o Ensinamento
  A Grande Fraternidade Branca
  O Ensinamento presente nas religiões
  Ensinamentos secretos
  Emissários enviados ao longo da história da humanidade
  Mestres cujas mensagens originaram as religiões
  Mestres responsáveis espiritualmente pelas eras
  Profetas e mensageiros
  Principais Ensinamentos
Sessões
   Bem-vindo aos ensinamentos!
   Calendário
   Notícias do Instituto Aura Mater
   Mensagem da Diretora Espiritual
   Orações
   Ensinamentos
   Áudio, vídeo e imagens
   Corpo Místico
   Loja virtual
Redes sociais
Instituto Aura Mater no Youtube Instituto Aura Mater no Facebook
Instituto Aura Mater | 2018 - Todos os direitos reservados - (31) 3264-6206 - (31) 8647 1745